CCATES

Transtornos de Ansiedade II: Eficácia e segurança de sertralina, citalopram e venlafaxina no tratamento de Ansiedade Generalizada

20/2014

DOI: 10.13140/RG.2.1.1579.0249

Autores: Jans Bastos Izidoro, Haliton Alves de Oliveira Junior, Alessandra Maciel Almeida, Augusto Afonso Guerra Júnior

RESUMO EXECUTIVO

Tecnologias: Venlafaxina, citalopram e sertralina

Indicação: Tratamento de transtornos de ansiedade generalizada

Caracterização da tecnologia: As tecnologias citalopram e sertralina pertencem à classe dos Inibidores Seletivos da Recaptação da Serotonina (ISRS) e a venlafaxina pertence à classe dos Inibidores da Recaptação de Serotonina e Norepinefrina (IRSN).

Pergunta: Venlafaxina, citalopram e sertralina são mais eficazes e seguras no tratamento de pacientes com transtorno de ansiedade generalizada do que as tecnologias disponíveis no SUS?

Busca e análise de evidências científicas: Foram pesquisadas as bases The Cochrane Library (via Bireme), Medline (via Pubmed), Lilacs, APA PsycNET (via PsychINFO) e Centre for Reviews and Dissemination (CRD). Buscaram-se revisões sistemáticas (RS) de ensaios clínicos que comparassem os medicamentos entre si e com outras opções terapêuticas disponíveis no Sistema Único de Saúde para o tratamento de transtornos de ansiedade. Foram selecionadas também avaliações de tecnologias em saúde (ATS) em websites de agências internacionais e da Rede Brasileira de Avaliação de Tecnologia em saúde. Foram selecionados estudos publicados em inglês, português ou espanhol.

Resumo dos resultados dos estudos selecionados: Foram incluídas duas revisões sistemáticas acerca de Transtorno de Ansiedade generalizada (TAG). Em nenhuma das revisões foram encontrados estudos científicos que comparassem o citalopram para o tratamento do TAG. Para os outros medicamentos, não houve estudos que os comparassem diretamente entre si ou entre as alternativas incorporadas no Sistema Único de Saúde (SUS) sendo que, de maneira geral, nas comparações versus placebo os medicamentos demonstraram eficácia estatisticamente significante. Foram consideradas ainda Avaliações de Tecnologias em Saúde (ATS) e guias terapêuticos de organismos internacionais acerca do tema. Em nenhuma dessas avaliações houve indicação de terapia farmacológica como primeira opção sendo que esses estudos preconizavam intervenções psicológicas. Estas avaliações indicaram antidepressivos como segunda linha para o tratamento, com exceção para os casos de fobias específicas e demonstraram sua efetividade. Os estudos não recomendaram a terapia com benzodiazepínicos e antipsicóticos.

Recomendações: Sertralina, venlafaxina e fluoxetina, esta última disponível no SUS, demonstraram eficácia para o tratamento de TAG. Dessas três alternativas, somente a venlafaxina tem indicação em bula para TAG aprovada pela ANVISA, pelo FDA e pela EMA. Desta forma, recomenda-se a utilização de venlafaxina para o tratamento de TAG.

Adicionar Comentário